Ana Carrondo

Portugal, 1967

Ana Carrondo, por volta dos dezassete anos, começou a mostrar sinais de instabilidade, razão pela qual foi internada num hospital psiquiátrico. Frequentou o atelier de terapêutica ocupacional no Instituto Condessa de Rilvas, em Lisboa. Participou em diversas exposições com os seus azulejos, que integram coleções privadas e museológicas.