Artur Bual

Nasceu em 1926, em Lisboa, Portugal, tendo falecido em 1999. Artur Bual é um dos artistas plásticos que marca a história das Bienais Internacionais de Arte de Cerveira. Participou em várias edições, tendo sido galardoado com o Prémio Atelier Livre na segunda edição (1980). A comunidade local e os entusiastas do evento lembram-se do artista a pintar ao vivo obras de generosas dimensões, da forma enérgica que o caraterizava.
Influenciou de forma determinante a arte em Portugal na segunda metade do século 20. Embora escultor e ceramista, é como pintor gestualista que a sua obra artística é mais reconhecida. Realizou diversas exposições em Portugal e no estrangeiro. Está representado em diversas coleções: Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, Câmaras Municipais, Centro de Formação Profissional de Pegões, Governo Regional dos Açores, entre outros.